Aula de Gramática

Por quinta-feira, setembro 25, 2014 17 , , Permalink

Que a nossa vida seja repleta de verbos.
Verbos que nos deem ação
verbos que completem a oração
verbos que sejam apenas para ligar
verbos que nos façam inteiramente completar.

Enfeite a sua vida com adjetivos belos
escolha os melhores e sinceros
os mais lindos e nem sempre poéticos.

Construa a sua oração separada por pontos
que cada palavra seja total devoção
que a cada suspiro seja uma entrega de coração.

Termine a sua vida sempre com exclamações.
Nunca reclamando, mas sempre criando
uma possibilidade de recomeçar.

17 Comments
  • #Santo
    setembro 25, 2014

    Ao batermos o olho no poema “Aula de Gramática” já sabíamos que ele deveria abrir essa nova etapa da Roda de Escritores!

    Seu texto, @Millena, tem a pegada certa, o ritmo certo e, por que não, o sentimento certo, algo que representa o carinho da gente em estar se empenhando para construir a Roda de Escritores. Obrigado por ter endossado esse sonho! :D

  • #Capitão
    setembro 25, 2014

    Este texto fez nossos olhos brilharem. Tanto o meu quanto de @SantoRdE:disqus
    Ele não só traduz nosso sentimento com a Roda de Escritores como marca o novo momento que ela vive. Construiremos juntos, através dos verbos, orações e exclamações, um monumento à literatura brasileira.

    Parabéns pelo ótimo texto, Millena. E obrigado por compartilhar essa poesia conosco!

  • Lilly Maria
    setembro 25, 2014

    Muito fofo, lindo e entusiamante!!!
    Recomeçando com essa aula de gramática! <3

  • #Santo
    setembro 25, 2014

    “Construiremos juntos, através dos verbos, orações e exclamações, um monumento à literatura brasileira.”

    Orran… é #Capitão ou #Presidente, hein?

    :P

  • #Capitão
    setembro 25, 2014

    É muito horário eleitoral na cabeça! =P

  • Vinicius Maboni
    setembro 25, 2014

    Muito bonita poesia!
    Está de parabens!

  • Jones Gonçalves
    setembro 25, 2014

    Aplausos, quem me conhece sabe que não sou da poesia, excelente escolha para a retoma, Muito bom mesmo!

  • #Santo
    setembro 25, 2014

    Se o @jonesgonalves:disqus aplaudiu, tá aplaudido!

  • Jones Gonçalves
    setembro 25, 2014

    PQP, até parece! kkkkk

  • Millena Targino
    setembro 25, 2014

    Está sendo um gigantesco prazer de colaborar nessa fantástica iniciativa.Estou super emocionada e feliz, e espero que eu possa contribuir com muitos outros poemas.

  • #Capitão
    setembro 25, 2014

    O nosso prazer é saber que conseguimos te fazer feliz e emocionada. O que são histórias senão duas almas conversando? Tua alma nos tocou e por isso somos agradecidos, eu e @SantoRdE:disqus por tua participação e ansiosos por teus novos escritos. o/

  • Vinicius Machado
    setembro 25, 2014

    Não sou um leitor de poesia. Não por desdenhar, mas por ter preguiça de encontrar as que me interessam.
    Mas, como o nosso amigo Andrey(#santo) disse…o sentimento certo…
    Posso estar interpretando do meu jeito e arte é assim, seja escrita, gráfica, dançada etc. Por mais pessoal que seja, sempre esta sujeita a interpretação do observador e para mim me passou um sentimento de: A vida é inédita, reclame o quanto quiser ela está aí para ser vivida.
    Posso estar errado? provavelmente, mas como disse: é minha interpretação.

    Espero ler mais Milena, bom trabalho.

  • Iara Gonçalves
    setembro 25, 2014

    Parabéns Milena, adorei teu poema e realmente abriu maravilhosamente a Roda de Escritores. Teu texto é leve, gostoso e realmente uma aula de gramática para a vida. Te desejo sucesso sempre.

  • Ellen Serra Braga Bugyi
    setembro 25, 2014

    Tão leve! É de se apaixonar <3

  • Millena Targino
    setembro 26, 2014

    Afinal, quem quer viver uma vida ranzinza e mal-humorada ? A vida é bonita e já que só temos uma única oportunidade devemos viver a melhor e mais fantástica de existência. Não discordo de você, mas viver é não ter vergonha de ser feliz.
    P.S tenho um blog, pode visitar lá: poemisar

  • #Santo
    setembro 26, 2014

    Matou a pau, @disqus_rILFf3sb8f:disqus! É isso ai, baita opinião!

  • Débora Assis
    setembro 26, 2014

    gostei muito, simples e profundo de fácil compreensão. Entre uma estrofe e outra um leque de possibilidades… Adorei!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado