Presença

Por segunda-feira, fevereiro 9, 2015 16 , , , , Permalink

Que todo mundo tenha,
Um amor feito o céu…
Que de tão azul,
Se confunda com o mar
E de tão bonito,
Seja feito sob luz do luar.

Que todo mundo tenha,
Mas que tenha mesmo…
Um azul de verdade,
Que te deixe tímida
Sem nenhuma maldade
E quando existir um olhar,
Azul feito o céu,
Faça sua bochecha corar.

E então será cor-de-rosa,
A misturar-se com azul
E das cores simples,
Nasça a cumplicidade
De uma amizade bonita,
Baseada em lealdade.

Que todo mundo tenha,
É o que realmente desejo…
Um azul brilhante
Que de tão lindo,
Chegue a ser desconcertante.

Que o seu azul tenha um cheiro
Risonho, meio gargalhante
Que desperte em você
Uma felicidade elegante.

Que pegue em sua mão,
Que te ofereça dos braços
O melhor dos abraços
Apertado, sufocante
Delicado e marcante.

Que escute sua voz,
E curta suas músicas…
Compartilhe sua alegria,
E que mesmo na longitude
Te faça companhia,
Aqui mesmo, presente nesta poesia.

16 Comments
  • #Capitão
    fevereiro 9, 2015

    É uma honra receber teu texto, Michele. Uma honra recomeçar as publicações na Roda de Escritores e estar de volta com vocês nesta jornada literária.

    Belo texto, emotivo. Uma boa disse para começar a semana.

  • Mariah Alcantara
    fevereiro 9, 2015

    Que lindo, Michele! Tão suave. E a escrita é delicada, gostoso de ler. Parabéns.

  • Michele Costa
    fevereiro 9, 2015

    Obrigada pelo carinho, pela oportunidade! Me sinto honrada em abrir a importante volta da Roda de Escritores!

    Obrigada #Capitão e #Santo … vocês são pessoas sensacionais por liderar tão lindo projeto!
    E obrigada Mariah, pelo doce comentário =D

    Beijos

  • Kika Alves
    fevereiro 9, 2015

    Lindo texto! Típico de quem escreve com o coração, colocando amor em cada palavra.
    Sou sua fã Michele e você merece esse reconhecimento.
    Parabéns! <3

  • Iara Gonçalves
    fevereiro 10, 2015

    Michele lindo, tocante, aquelas poesias que a gente lê e fica torcendo pra acontecer com a gente tudo o que está descrito.
    Parabéns, adorei.

  • Michele Costa
    fevereiro 13, 2015

    Obrigada Iara! De todo coração =D

  • Michele Costa
    fevereiro 13, 2015

    Obrigada Kikika! Minha amiga mais querida! <3

  • Michele Costa
    fevereiro 13, 2015

    Obrigada Mariah, agora minha amiga escritora! =)

  • Michele Costa
    fevereiro 13, 2015

    Obrigada #Capitão… uma honra poder girar de alegria nessa roda de fantásticos escritores! Imensamente feliz ….

  • Rodrigo Cerveira Cittadino
    fevereiro 14, 2015

    Muito bonito, Michele! A pausa presente no primeiro verso de quase todas as estrofes dá um ritmo muito legal ao poema. É daqueles que vale a pena ler em voz em alta, talvez até com umas notas musicais para marcar a progressão da leitura. Ficou incrível! Parabéns!

  • Otavio Marques
    fevereiro 15, 2015

    muito bom!

  • Alan Lima
    fevereiro 16, 2015

    Um poeminha que faz quem lê fantasiar sem vestir fantasias. Maravilha, maravilha, Michele. : )

  • #Santo
    fevereiro 17, 2015

    Antes tarde do que nunca! o/

    Michele,, assino embaixo do que o Citta disse. Esse poema tem um ritmo marcado de um jeito tão fantástico que é quase impossível não ler ele em voz alta.

    Mas sobre tudo a forma, a mensagem e conteúdo que ele impulsiona! Não tem como se deixar levar.

    É uma honra e uma alegria ter escritoras como você do nosso lado.

    :D

  • Mariah Alcantara
    fevereiro 18, 2015

    sempre amiga, e sempre escritora! é nosso destino!

  • Fer Zucky
    março 18, 2015

    Eu amo a leveza do seus textos, amo como vc escreve, que o seu reconhecimento seja só o começo!!!

  • Ester Pimenta
    março 29, 2015

    Aii adoro tanto esse texto! Ele é tão lindo! Um dos meus favoritos! Simplesmente amo! Mi arrasando como sempre!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado