(Se)renata

Por sexta-feira, março 27, 2015 1 , Permalink

Ela não se importava; não queria saber

Dos nós nos dedos que os dissonantes dão

Me fez cair um tom

Pra soar mais aveludado

Pobre de mim, lhe ofereci um soneto

Mas são quadras demais, tercetos demais

Insistia na canção ao pé da janela.

Se Renata aceitasse minha poesia

Me livraria a tarefa que me envergonha

Já disse que não corro atrás de saia.

-serenata! Quero uma serenata, disse Renata.

Os rapazes lhe apreciam:

-eis uma flor.

Disso eu concordo. Mas te digo amigo,

Não é flor que se cheire.

Bato uma palma, grito por ela.

Bato palma, grito por ela.

Grito Por ela e bato palma.

Um compasso binário, que me doeu as temporas

De tanto morder os dentes

Esperando a dita flor abrir a janela.

Comecei os primeiros acordes,

Abafados é verdade,

Eu era apenas nervos. Ela ouviu, abriu

Se debruçou no parapeito.

Havia me dito dias antes:

-cante-me e subirei ao altar contigo.

Se Renata cumprisse o que havia dito

Seria eu um musico bem sucedido.

-serenata! Que linda serenata, disse Renata

-casa-se comigo, terá uma para cada dia.

Se Renata cumprisse. Não cumpriu.

Apenas roubou-me a canção.

Não a pus em partitura

Espero esquecer cada estrofe, cada verso

Não quero me pegar assobiando.

Se Renata fosse amável, estaria eternizada agora.

Serenata. Maldita serenata.

 

 

Imagem por Orin Zebest

1 Comment
  • Rodrigo Cerveira Cittadino
    março 28, 2015

    Renata é sua Anna Julia, pelo visto, rsrs!
    Achei muito bom! O ritmo está bem legal, especialmente na parte “Bato palma / grito por ela”. E gostei da ideia do eu lírico a princípio romântico e depois desiludido: bela quebra de expectativa, hehe! :)

    Fico pensando que dá pra discutir se Renata efetivamente roubou a canção do eu lírico. Afinal, embora ela não lhe tenha correspondido, o fato é que, se não fosse por ela, que posou de musa, a tal serenata não teria sido criada, né?
    Ah, e creio que caberia uma revisãozinha gramatical, pra pegar uns problemas de pontuação e o “demais” escrito junto, quando devia estar separado. Meros detalhes, nada grave.
    Parabéns pelo trabalho! :D

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado